segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

insanidade&pOesia. livro 1



A estética impressiona, mas na Prática não Funciona.

o Livro 1, que deu início ao projeto, foi lançado e distruibuido em 2006, com aproximadamente 800 exemplares distribuidos gratuitamente.

Num formato simples e com poucos recursos.
a Iniciação do autor (juninho13) na poesia.

Foram publicados 11 poemas, com fotos e trechos de música,
de autoria própria.
_________________________...
as obras:

1.) Insanidade & Poesia.

A insanidade e a poesia caminham juntas Lado a lado,
Passeiam de mãos dadas, Com o amado e o odiado.
E Passam desapercebidas pelas vidas dos normais
dos ocupados, abismados com as noticias dos jornais.

Dos cansados e impacientes com o inferno do dia-a-dia.
Dos entregues ao stress, que caíram na rotina.
Que enxergam somente o caos sem uma visão poética.
Preocupados com opiniões, fissurados pela regra.

Escravos da exatidão, sem coragem de serem insanos.
Não vivem só estão vivos, no embalo cotidiano.
Humanos robotizados que tacham as minorias
que tentam ainda por tempero no “insosso” da vida.

Que mantêm nos seus cardápios, coisas pequenas e essenciais.
Como sorrisos e palavras com valores especiais
Eu te amo, te quero, me disponho, estou com saudades.
Fazem mesmo a diferença, contam pontos de verdade.

E como é difícil ser a minoria,
Que de louca é sempre apontada,
Que nem sempre tem opção,
Mão única de uma estrada.

Mas a poesia da Insanidade é andar na contra-mão
Ser humilde e ter vontade, no topo ou beijando chão.
Sem medos e sem vergonha de ser e assumir quem és
È insano, é poético... descreva como quiser.

juninho13.
______________________...
2.) Minha poesia

São pedaços de mim,
São partes do meu EU...
Conclusões e desabafos,
O momento que não Morreu.

No papel, eternizadas estampo minhas lembranças.
Com palavras de adulto, os sentimentos de criança.

Minha raiva, todo medo, a solidão minha companhia.
Todo meu arrependimento e coisas que eu repetiria
Toda dor e intensidade, feridas e curativos
Coisas que eu não entendo, que me deixam aborrecido.

Exageros talvez poéticos de uma mente musicista
Quase nada é tão ético, enxergo a vida em melodia
Sorrisos que ocultam a dor, lágrimas que são contidas
A capa de um homem forte em uma equipe invicta.

Sonhos e pesadelos, pensamentos traduzidos
Como a brisa da manha, nem sempre sou entendido.
Uma guerra eminente, num planeta desabitado
É tão coerente quanto o mundo, em que eu vivo calado.

Pode mesmo, parecer... que sou louco ou vou ficar
O meu medo é ser normal, ter ao que me comparar
Lápis, papel e caneta são a minha parceria
Meus amigos confidentes, de quem jamais me separaria

Minha poesia, minha musica,
São bem mais que minha força.
Fazem da minha própria vida, minha musa inspiradora.

Juninho13
___________________________...




________________________...

3.) Valores

Tudo, e tudo mesmo, por mais simples, tem valor
Sei o preço de ser feliz, como sei o preço da dor
Sei ainda, que tudo aquilo, que hoje tem valida
Te levanta ou derruba, e isso um dia vira sina

Hoje sei, mais que ninguém, o valor de uma palavra
A certeza da verdade é uma questão sagrada
E dizer a alguém, que por ventura, você ama
Não vale a pena, simplesmente, só dizer e fingir que engana

O amor te torna cúmplice, faz do “dois”, apenas um
Divide por inteiro duas vidas em comum
Valores esses, que devem sempre ser preservados
Valores que a vida ensina
Valores que não são herdados

Pra quem conhece a solidão, ter companhia é tesouro
Mesmo sabendo que a ilusão é um caminho perigoso
Dar valor ao que faz bem, não apenas ao que é grande
Realmente te transforma, faz do pequeno um gigante

E com ato, de não fazer o mal, coisas boas vão lhe voltar
E sentir que merece e que foi retribuído
É o valor que irá prezar.

juninho13
_______________________...



defender bandeiras, cor e religião
e não capacidade para amar o próprio irmão...
Nas filas do bancos, ou seja onde for...
pessoas saudáveis que nem ao menos sentem dor...
elas tem dinheiro e só sabem reclamar...
Pobre ajuda Pobre, sem ter onde morar...

(trecho de: "Se o Mundo fosse Bom,
ao nascer não choraríamos" - Banda: Chamusco.)
______________________... _______...

4.) SARA.

COMO ENTENDER O QUE EH O INTENSO
A INTENSIDADE INSANA, SEM CHAO, SEM SENSO...
O SONHAR, O ACORDAR...
DE UM SER DESCONHECIDO QUE SE DEIXOU APAIXONAR

O PENSAR SEM O QUERER, O AMAR SEM CONHECER.
O NAO TER, JAH COM MEDO DE PERDER...
COMO ENTENDER O QUE EH O SINCERO
A INFLUENCIA DO NORMAL, A INFLUENCIA DO MISTERIO...

SEM TER LAÇOS TAO ESTREITOS, SEM AFETO, SEM CARINHO,
TALVEZ LADOS DIFERENTES, ANDANDO NO MESMO CAMINHO.
PISANDO AS VEZES NO MESMO LUGAR E DE TAO PERTO NAO NOTAR
SENTIR DE LONGE E COM O TEMPO ESSA VONTADE DE ENXERGAR

E ENXERGAR JAH DESEJANDO, PORQUE NAO, UM FINAL FELIZ
ACEITANDO AS NOVIDADES, COM ANSIEDADE DE APRENDIZ
SEM SABER MUITAS DAS VEZES, A ATITUDE QUE TOMAR
QUERENDO AO MENOS SER OUVIDO, E SE FAZER ACREDITAR.

PODENDO AINDA SER FERIDO, E MESMO ASSIM ENFRENTAR DE CARA
SEM TEMER ESSE PERIGO, SENTE A DOR QUE UM DIA SARA.

juninho13.
__________________________...

5.) Sem FIM

Hoje iludido, acredito que possuo um tesouro
Quando o encontrei... estava aberto
Repleto de muito ouro.

Jóias raras, das mais variadas qualidades
Que ate mesmo olhares leigos,
Certificam legitimidade.

E eu, depois de buscas, muita luta... o conquistei
Por direito me pertence e cuidados tomarei

E antigos donos, piratas, ambiciosos, traiçoeiros
Souberam da minha conquista e armaram planos sorrateiros
Mas fui forte, e soube então me defender
Sou guerreiro experiente, mas algo eu não podia entender...

Que depois de algum, e mesmo com as batalhas já vencidas
O tesouro que cuidei, já não mais me pertencia.

E aquela época, que então, fora das mais lindas
Que o tinha, meu tesouro...
E o mesmo também me tinha

Eu me sentia grande, importante, infinito...
Dele não usei de um centavo...
Mas cresci, me tornei rico

Rico em espírito, em vontades e atitudes,
Coragem, respeito intenso, um tudo do melhor que pude.

...

e meu tesouro, ... em seu baú...
agora se trancou por dentro.

Egoísmo? Ingratidão?
Não, não... não julgo se não entendo

Eu amo meu tesouro e não enxergo seus defeitos
Tento ainda passar a chave, pelas frestas que eu vejo...

Teria eu... rios de palavras para acabar com esse mal
E fazer feliz o meu tesouro, que não é um bem material

Ela tem olhos, tem nome, tem cores e muita vida... e assim
Fez de mim homem, fez a história não ter fim.

juninho13.



____________________________...

6.) Explico

Há dias em que as palavras sempre faltam
Que a coerência se perde, que atitudes se calam

Por dias, a vontade de explicar me atormenta
De explicar um sentimento, mesmo que eu não o entenda

E o peso de tudo isso, é o que nos cansa de falar
Usando repetidas frases
E se não isso?
O que usar?

Afogado em pensamentos, tentando descobrir
O que há mais forte que o amor?
Onde cabe?
Pra onde ir?

Raciocínio ou teoria, eu sei bem que não explica
É confuso também na pratica e quem sente não duvida
Uma mistura sem receita, sem dosagens ou medidas
Contendo só coisas loucas, impensáveis, incontidas

É Necessidade com desejo, é tristeza co alegria
Nada é controlado e fermenta a cada dia

Alguns dizem ser irreal, outros dizem ser normal
Mas quem explica sentimento, se ninguém sente tudo igual?

Podem ambos serem intensos, confiantes e sinceros
Mas sempre cada qual a sua maneira, cada um a seu critério
São cúmplices e testemunhas, são amantes e amigos
Serão sempre diferentes, dividindo um mesmo caminho

E em meio a tudo isso, a tanta coisa, eu explico:

Que não existe explicação,

E se existe... eu suplico!

juninho13.
_________________________...

7.) HOJE

MAIS DO QUE NUNCA, MUITO MAIS QUE EU TIVE ONTEM
SINTO HOJE, OS VALORES, DE ONDE QUER QUE ELES FOREM
SEI MAIS DO QUE NINGUEM DA IMPORTACIA DA COMPANHIA
O QUE SINTO VAI ALEM DO QUE UM QUALQUER ENTEDERIA

EU SEI BEM A DIFERENÇA, ENTRE O SOH QUERER E O DESEJAR
A DIFERENÇA DO MERECER, SEM AO MENOS PRECISAR
DO AMOR E DA PAIXAO, DA MENTE E DO CORAÇAO
HOJE SEI, MEÇO DOSAGENS, MAS SEM TANTA PERFEIÇAO

POIS DE QUE VALE O SER PERFEITO, SE A DOR NAO CONHECER?
CRESCER POR FORA E NAO POR DENTRO, COM QUE IRIA APRENDER?
APRENDERIA A SER UM SOH, A RECEBER E NAO SE DAR
TERIA COM CERTEZA A CORAGEM, DE FERIR QUANDO AMAR

SEI QUE SANTO NINGUEM EH, A NAO SER QUE FOR SOZINHO
TODOS FEREM SEM QUERER, ATE AS ROSAS TEM ESPINHOS.
FERIR ALGO OU ALGUEM, PRA MUITOS SERVE COMO ESCUDO
COM GRANDES FEITOS E PROEZAS, OS FRACOS SE FINGEM DUROS

MAS EM MEIO A TUDO ISSO... DE QUE VALE TAL DEFESA?
SE TER DEVOLTA OS PROPRIOS ATOS EH A LEI DA NATUREZA
HOJE A VIDA ME ENSINOU, MAS NEM TUDO EU APRENDI
NAO ENTENDO O MUITO E O POUCO, NAO CONSIGO SER FELIZ

VIVO EM FUNÇAO DE OUTRA VIDA, E ATE SEMPRE VOU ESPERAR
UM NOVO SONHO OU UM MILAGRE, OUTRA CHANCE DE AMAR.

juninho13
_________________________...

_______________________...
8.) O outro EU

Num simples olhar... a certeza da mudança.
O esperado sonho, que eu trazia na lembrança...

Difícil de acreditar, fácil de se deixar levar,
Uma inexplicável segurança, o não ao medo de errar,

Indescritível sensação, uma nova vida, nova chance,
Pra quem perdia uma luta, a oportunidade da revanche

O estar perto, a perfeição, o desejo, a magia
Sentimentos incontidos, calor em época fria
Em pouco tempo seca a magoa, que há muito me prendia

Na prisão dentro de mim, no conflito do eu mesmo
Não um teste e sim a cura, de um coração enfermo
De uma mente insana, perdida num mundo caos
Que não entendia o ser feliz, não distinguia o bem e o mal.

E salvo pelo próprio destino, conheço a tal a felicidade,
E me apresente um humilde, diante a sua intensidade
De amor, de carinho, de afeto, de afago,
Feito para mim, que estava reservado

O encontro com meu próprio eu,
Acontecendo de verdade,
Encontro com meu EU inteiro
E não só minha metade,

Algo mais forte que o lógico, sem noção e raciocínio
Atropelando a razão,
Não controlo, não consigo...

E no momento lucidez...
Por ventura encontrei palavras
Que descrevam essa paixão,
Que hoje rouba a minha fala.

Juninho13.
________________________...

9.) REAÇÃO

MINHAS PROPRIAS PALAVRAS, EU VI SURTINDO EFEITO
MEUS SENTIMENTOS MAIS INTIMOS,
EU POR DENTRO, MEU MOMENTO

DIANTE DOS MEUS OLHOS, A MAIS LINDA REAÇAO
O INESPERADO, O CHOQUE, TODA AQUELA VIBRAÇAO
O SILENCIO, TODA MAGICA, AQUELE BRILHO, O ENCANTO
O CORPO PRESENTE E A MENTE LONGE, DESENHANDO NOSSOS PLANOS

EU TE VENDO ALI SENTADA, SEU OLHAR CHEIO DE LAGRIMAS
ME OLHANDO DE CANTINHO, QUIETA, SEM PALAVRAS
TIROU DE MIM O RANCOR DA VIDA, TODO ODIO E TODA DOR
O MEU MUNDO PRETO E BRANCO, COM VOCE, GANHOU MAIS COR

O MEDO DE REAGIR, NAO SABER O QUE FAZER
O INESPLICAVEL, INCONSCIENTE, EU NAO QUERO ENTENDER
ESSA VONTADE DE TE TER, E TE FAZER ACREDITAR
NA FORÇA DE TUDO ISSO, QUE NAO PARO DE PENSAR

TAO EXTREMO, TAO INTENSO, TAO SONHADO E MAIS QUE ISSO
CHEGA DAR MEDO E MUITAS VEZES, ATE PARECE UM FEITIÇO
O SEU JEITO DE FALAR, DE AGIR, SUA FORMA E EXPRESSOES
ME FASCINA, HIPNOTIZA, ALIMENTA AMBIÇOES

O PRA SEMPRE PARECE POUCO, PARA O QUE TENHO PARA NÓS
AO SEU LADO O TEMPO VOA, E QUANDO LONGE NAO TEM DÓ
TRANSFORMA O MINUTO EM HORA, ATE EU TE ENCONTRAR
MAS O QUE SAO DIAS, QUE SAO HORAS??? PASSEI UMA VIDA A TE ESPERAR.

AGORA EU NAO SEI AO CERTO, DEFINIR MINHA REAÇAO
TUDO INEDITO, SEM CONFLITO, COM RECHEIO DE PAIXAO
NAO TEM FORMULA OU RECEITA, E CHAMAMOS DE AMOR
EH SIMPLES, EH NATURAL, COMO O PERFUME DE UMA FLOR

EH O QUE QUERO, MEU DESEJO,
EH MUITO MAIS, EH O QUE CLAMO
DAS REAÇOES, ESCOLHO O ALIVIO...
DE PODER DIZER TE AMO.

juninho13
_______________________...

__________________________...
10.) LEMBRANÇAS

Dolorosas as feridas,
Umas fecham, outras não.
Dolorosas as lembranças,
Na mente e no coração.

Só por hoje, não me lembro,
Cicatrizes ainda tenho,
Amanha, forço e esqueço,
Mas dor sinto por dentro,

Flashs descontrolados, como espinhos afiados
Cutucam corpo e alma, reacendendo o apagado,
Lembranças boas e ruins, das quais me arrependi,
Saudade de coisas loucas, que nem ao menos eu vivi...

Lembranças vagas, ofuscadas e longínquas
Verdades e mentiras, misturadas, confundidas
Coisas que eu quis pra mim, desejo intenso e amado,
E também do que eu não quis, a fuga, estar apaixonado

Lembranças das minhas escolhas, e da falta de opção
Do sofrimento e da luta, vitórias de grão em grão.
Tantas perdas absurdas, por me sentir menor
Receio, dinheiro, emprego, preconceito, tenha dó!

E o mundo que cobra caro, ainda traça o seu destino,
Te leva, te empurra, te impõe um só caminho.

Cada qual com seu igual, e não tente mudar,
Eu me lembro, logo esqueço, se sei mesmo o que é amar.

juninho13
____________________________...

11.) TE TUDO

PRIMEIRAMENTE E COMO UMA DADIVA, TE CONHECI
E NATURALMENTE, COM O TEMPO EU APRENDI
TE DAR A MAO MESMO QUANDO NAO A QUISESSE
TE DAR O PAO QUANDO FOME ASSIM TIVESSE

TE CUIDEI, EU TE ADOREI ATE QUANDO TE ODIEI
COM PALAVRAS E NO FISICO, SEI QUE NUNCA EXITEI
TE DEI CARINHO, DEI AFAGO, DEI O MEU PEITO
DEDIQUEI A TI A VIDA, E JUNTO TODO O MEU RESPEITO

TE COMPREENDI QUANDO NAO TINHA RAZAO
EU DISSE SIM QUANDO EU QUERIA O NAO
A CONFIANÇA FEZ ESSE AMOR ALIMENTAR
SEMPRE VIVI COM MEDO, MAS SEM ACHAR QUE IA ACABAR

NO MEU CAMINHO, TE DEI ESPAÇO PRA ESCOLHER
E TE LEVEI NO COLO QUANDO NAO MAIS QUIS O PERCORRER
DA MINHA ALMA, TE DEI TODO O SENTIMENTO
AS VEZES TE DEI CALMA, OUTRAS VEZES DEI TORMENTO

A CADA DIA TE AMEI MUITO, MUITO MAIS E SEM DEFEITO
DA MINHA HISTORIA EU TE TUDO,
E ESSE TUDO FOI PERFEITO
e AGORA O TEMPO.

juninho13
______________________________...

Um comentário:

  1. opaaaaaa!

    quero minha ediçãoooo jhowwwww1

    manda balaaaaa!

    eh nois J13!

    ResponderExcluir